Sobre Mantras, Bhajanas

Sobre Mantras, Bhajanas etc ....
A civilização Indiana tem como uma de suas características a necessidade de definir com termos apropriados cada aspecto da experiência espiritual de seus buscadores, de forma que não haja confusão diante da imensa variedade de experiências possíveis e os frutos destas buscas possam ser partilhados com bastante clareza.
A palavra “ mantra “ vem da língua Sânscrita e encontra-se duas explicações sobre seu significado :
1) mantra vem de “ manas “ e “ yantraH “, ou seja , o instrumento da mente.
2) O Kularnava Tantra declara : “ Através da meditação - manana – sobre a Deidade luminosa, cuja forma é o Dharma, ele liberta – trayate – de todo temor. “
Porém os mantras não são os únicos aspectos desta vasta tradição oral, também temos :
1)Bhajans – Cânticos devocionais acompanhados de instrumentos musicais.
2)Kirtanas – Cânticos devocionais no estilo “ comando-resposta “ onde alguém canta um verso e o grupo responde. Freqüentemente musicados.
3)Hinos Védicos – Possuem métrica (ritmo especifico para ser recitado) e tradicionalmente não são musicados. Seu uso ritual nunca é acompanhado de instrumentos.
4)Stotras – Hinos geralmente Tantrikos ou Puranikos, possuem métrica simples (em geral a “ AnuSTup “) e eventualmente são acompanhados por instrumentos (Tambura)
5)Kavacam – Hino de proteção com métrica específica. Tradicionalmente não musicado.
6)Path – Recitação ritual de longos textos. Pode apresentar diferentes métricas dependendo da tradição e da sadhana (disciplina espiritual). Quando usado em rituais não é musicado.