tracei rotas e marquei percursos

Acabou. Estou de partida, a que ponto cheguei, tracei rotas e marquei percursos como se eu soubesse pra onde estava indo, céus, no final não passei de mais um dos milhares de perdidos que se enganam como se soubessem aonde estão. Nunca soube, aliás, boa parte das pessoas não sabem, fomos todos arremessados no caminho. De vez em quando nos esbarramos com mais um sonhador, gente que se alimenta de sonhos tão impossíveis quanto os nossos, e nos fazem acreditar que afinal, não estamos esperando algo que não irá chegar. Procuramos atalhos que nos tirem dessa viela fria e sem saída. Estamos andando em círculos. Cedo ou tarde voltamos pro mesmo lugar, é de lei, então eu vou outra vez, esse é mais um adeus, não se assuste se eu aparecer na sua porta mais tarde, meu bem, os ventos que nos arrastam são sempre imprevisíveis.
Sean Wilhelm.